Paços derrota Vitória «B» por 4-1

Paços acelera e faz três golos em quatro minutos

Os Castores deram hoje sequência à bela caminhada que vêm experimentando na II Liga. A equipa pacense bateu o Vitória SC «B», por 4-1, e cimentou a sua folga no primeiro lugar do campeonato. Barnes (2), Douglas Tanque e Marco Baixinho fizeram os golos da 17ª vitória pacense na prova.
O Paços entrou muito forte na partida e chegou cedo ao golo. Na sequência de um livre batido por Bruno Teles na esquerda, Douglas Tanque subiu muito mais alto do que a defensiva vitoriana e cabeceou de forma fulgurante para o fundo das redes. Um belo golo e que começava a expressar o domínio das Castores no encontro. O marcador poderia ter sido ampliado aos 24’, quando Bruno Teles teve uma excelente combinação com Barnes na área adversária, que proporcionou ao lateral esquerdo um remate à figura de Tiago Martins. Na sequência da jogada o Vitória poderia ter igualado, mas Carlos Henriques bem posicionado deteve o remate de Aziz. Foi a melhor fase da equipa visitante no jogo, contando também com um erro do árbitro (34’) para chegar à igualdade. Marco Baixinho cortou de forma limpa um lance na área, mas a escorregadela do jogador adversário iludiu o árbitro que assinalou grande penalidade. Apesar de adivinhar o lado, Carlos Henriques não conseguiu suster a conversão de Tapsoba. O lance perturbou um pouco a equipa pacense que terminou a primeira parte sem criar mais lances de perigo.
No entanto, a segunda parte recomeçou com o domínio pacense, que teve quatro minutos diabólicos de ataque. Entre os 52’ e os 56’ a equipa marcou três golos! Primeiro foi Marco Baixinho; Pedrinho bateu um pontapé de canto em que o desvio de Christian obrigou o g.r. adversário a uma defesa incompleta, aparecendo ao segundo poste o defesa central a concluir para golo. O Paços estava imparável e dois minutos depois, novo golo. Mais um pontapé de canto de Pedrinho e a bola a ir ter com Barnes, que dominou e rematou muito colocado para o fundo das redes. Ainda o Estádio estava a celebrar esta espetacular fase da partida e Barnes já bisava. Grande assistência de Rafael Barbosa, para novo golo do avançado ganês em tudo idêntico ao anterior. A Mata Real rejubilava com a máquina pacense em campo e os 4-1 deram para a equipa tirar um pouco o pé do acelerador. Mesmo assim, poderia ter marcado mais golos. Gonçalo Gregório (76’) desviou para a baliza, onde Wagner não conseguiu concluir e, na derradeira jogada da partida, uma espetacular combinação ofensiva permitiu uma brilhante assistência de Nininho para Uilton rematar de primeira, mas ao lado, naquele que seria um golo de bandeira.
O triunfo folgado foi justíssimo para o Paços, que acrescentou mais três pontos para o objetivo final. Os atletas e os adeptos comungaram da felicidade final, conscientes de que este é o caminho que todos desejam traçar.
No próximo sábado (15:00) há mais uma final, com a deslocação dos Castores ao Seixal para defrontarem o SL Benfica «B», na 25ª jornada da competição.

Estádio: Capital do Móvel
Árbitro: Gustavo Correia (Porto), auxiliado por Carlos Campos e Carlos Covão
Disciplina: Cartão Amarelo; Al Musrati (66’)

FC PAÇOS DE FERREIRA: Carlos Henriques; Nininho, Marco Baixinho, Junior Pius e Bruno Teles; Christian, Luiz Carlos e Pedrinho; Rafael Barbosa (Wagner, 75’), Douglas Tanque (Gonçalo Gregório, 75’) e Barnes (Uilton, 83’).
Não utilizados: Marco Ribeiro; Paulo Henrique, Rui Correia e Fatai.
Treinador: Vítor Oliveira

VITÓRIA SC «B»: Tiago Martins; Dénis (Gabriel Justino, 57’), Tapsoba, Phete e Jorginho; Mimito (Reisinho, 77’), Al Musrati, Elias e Maga; Aziz (Olivares, 88’) e André Almeida.
Não utilizados: Dani Figueira; Sualehe, João Bruno e Romain.
Treinador: Alex Costa

Ao intervalo: 1-1

Resultado Final: 4-1

Marcadores: 1-0 Douglas Tanque (8’); 1-1 Tapsoba (34’); 2-1 Marco Baixinho (52’); 3-1 Barnes (54’); 4-1 Barnes (56’)

Noticias Relacionadas