Futsal: Paulo Ferreira assinou pelo Paços e marcou na estreia

9 de Janeiro, 2024

Paulo Ferreira na apresentação realizada na Sala de Imprensa do Estádio Capital do Móvel, ao lado de José Carlos Dias, responsável pelo futsal pacense.

Paulo Ferreira assinou pelo FC Paços de Ferreira Redifogo Futsal e marcou na sua estreia com a camisola dos Castores. Poucos dias depois da apresentação oficial, o atleta defrontou o Arsenal Clube da Maia, em jogo a contar para a segunda eliminatória da Taça de Portugal, e foi um dos marcadores na vitória por 2-4.

“A adaptação ainda está a acontecer. Antes do jogo, tive apenas dois treinos com o plantel, então o conhecimento mútuo só se irá aperfeiçoar com o passar do tempo. No entanto, acabamos por ter uma vitória em casa do Arsenal da Maia que nos garantiu a passagem à próxima eliminatória da Taça de Portugal, e consegui marcar. É algo que sabe sempre bem, por isso, espero poder contribuir com mais golos nos próximos jogos”, afirmou.

O fixo de 38 anos tem já uma vasta experiência no futsal, tanto a nível nacional como internacional. Em Portugal, representou SC Coimbrões, Modicus, Viseu 2001, Operário, AR Freixieiro, FC Azeméis, CR Candoso, Póvoa Futsal Clube e CD Póvoa. Já além-fronteiras jogou na Roménia, Espanha, França, República Checa e Eslovénia. Além disso, Paulo Ferreira é internacional pela seleção romena, registando um total de 55 partidas. Em outubro, esteve a disputar o apuramento para o Mundial de 2024, e marcou no triunfo frente aos Países Baixos.

A oportunidade de “ficar perto da família” revelou-se um forte motivo para aceitar este novo desafio na Capital do Móvel. Mas não só: “Ter o diretor Carneiro e o mister Canavarro como amigos há já alguns anos foi preponderante para que ficasse mais perto de vestir a camisola amarela. Além disso, o Paços de Ferreira é um ‘clube de camisola’ como costumamos dizer no futsal, e tudo isto pesou na decisão final”.

 

Objetivos definidos com mensagem aos adeptos

Na presente temporada, o novo reforço já vestiu as cores do CD Póvoa, também da II Divisão Nacional – clube pelo qual fez quatro jogos e apontou dois golos. Agora que Paulo Ferreira assinou pelo Paços novos objetivos estão traçados. “Nesta primeira fase, espero que consigamos a melhor posição possível na tabela, e depois temos de preparar da melhor forma a fase seguinte. Quero também que cheguemos longe na Taça de Portugal. Se possível, à final eight, pois a visibilidade e a competitividade são de outro nível, e nós temos de ambicionar esses palcos”, reforça.

Nesta caminhada, Paulo Ferreira espera que o público pacense apareça em força no pavilhão “para apoiar a modalidade e torná-la mais forte e mais especial na cidade de Paços Ferreira”.

 

No Estádio Capital do Móvel, Aldair comemora o terceiro golo do FC Paços de Ferreira frente ao FC Porto B, na 16ª jornada da Liga Portugal 2.

Liga Portugal 2: Paços entra no novo ano a vencer o FC Porto B

10 de Janeiro, 2024