A NOSSA HISTÓRIA

1950 OS PRIMEIROS 'PAÇOS'.

1950/1960 - OS PRIMEIROS 'PAÇOS'.

O dia 5 de Abril de 1950 marcou o despertar oficial do F. C. Paços de Ferreira. Nasceu com a designação de Vasco da Gama, prenúncio das grandes epopeias e aventuras desportivas para o qual estava fadado.
SABER MAIS
1960 ADEUS VASCO. OLÁ PAÇOS.

1960/1970 - ADEUS VASCO. OLÁ PAÇOS.

Não foram nada fáceis os primeiros anos da década de sessenta para o F. C. Vasco da Gama. O clube apostou definitivamente nos jovens formados na sua equipa júnior e dispensou os atletas em final de carreira, que tinham sido a base das últimas épocas de 50. A equipa passou a contar com atletas muito jovens, que ainda por cima foram lançados na fase de transição do «Vasco» para F. C. Paços de Ferreira.
SABER MAIS
1970 DO REGIONAL AO NACIONAL.

1970/1980 - DO REGIONAL AO NACIONAL.

O F. C. Paços de Ferreira estava definitivamente fadado para ser um grande clube e a década de setenta veio provar isso mesmo. O clube estava preparado para se afirmar a uma dimensão nacional e atingiu esse estatuto logo na primeira metade da década.
SABER MAIS
1980 PAÇOS É AMARELO.

1980/1990 - PAÇOS É AMARELO.

A eufórica década de setenta já terminou num certo conformismo do clube com o seu estatuto de secundário. A primeira divisão não estivera longe, mas não fora alcançada e os adeptos começavam a acreditar que o F. C. Paços de Ferreira a mais não podia aspirar do que à segunda divisão nacional. Foi para contrariar este fatalismo que os novos dirigentes tomaram conta da colectividade. O Dr. Moreira Lobo assumiu a presidência e contratou Ferreirinha para treinar a equipa. O clube estava em mudança e do equipamento azul e branco passou ao actual amarelo e verde.
SABER MAIS